segunda-feira, junho 26, 2006

O PRIMEIRO DIA DE AULA

Ola pessoa,

Meu nome eh Tico e hoje é meu dia de postar.

Em alguns momentos de nossa vida somos rodeados por dúvidas em ter que tomar difíceis decisões.Essa decisões, muitas vezes, dependendo do ponto de vista dos outros, pode até parecer banal, mas sempre há quem considere de suma importância.

Tenho certeza que muitos já passaram ou ainda vão passar pela experiência pela qual vou contar agora.

Uma coisa que eu nunca gostei e talvez nunca vou gostar é aquela sensação de ir a uma nova escola, seja ela no ensino médio, cursinho, faculdade ou até mesmo um simples curso de culinária japonesa.

A ansiedade é agravada principalmente pelo excesso de expectativa que você cria ao redor do que estará te esperando no seu primeiro dia.

Quando você sabe o que quer e se matricula consciente disso, sente-se muito bem, pois a sensação de estar indo para frente, abrindo novos horizontes é muito grande.

Porém, quando você vai tomando consciência de seus atos, imaginando tudo aquilo que te espera, imediatamente uma reação orgânica, tais como friozinho na barriga, agitação, suor nas palmas da mão,balançar as pernas de forma a parecer até um pequeno terremoto onde o epicentro é você mesmo, tudo isso devido a grande ansiedade,

Mas aos poucos vão sumindo todas essas reações, tudo vai voltando ao normal , até que você se lembra novamente e começar tudo de novo..... chegamos até fazer contagem regressiva dos dias que faltam para o primeiro dia de aula , e parece que nada pode eliminar toda essas sensações, pois na realidade a ansiedade é formada por expectativas boas e ruins.

Finalmente chega o primeiro dia de aula.

Os mais precavidos já fizeram a mesma trajetória calculando o tempo que vai levar, o itinerário principal e uma segunda opção em caso de emergência, e o mais importante; chegar um pouco antes para conhecer o local, ir ao toalete, beber uma aguinha, e procurar um bom lugar para sentar, esperando que ao redor sentem pessoas legais e que possam ter uma agradável conversa e quem sabe uma grande amizade

Tudo pronto...

Bom ,agora vou relatar uma das minhas experiências passadas.

No primeiro instante passei por tudo o que descrevi anteriormente até chegar o dia D. Porém, neste bendito dia D, deu tudo errado e acabei chegando atrasado na primeira aula. Agora seria o grande momento de tomar uma decisão:qual o melhor lugar para sentar? Logo de cara descarto as primeiras carteiras da frente, que muitos consideram como o da turma da baba, pois devido a proximidade com o professor que ,ao falar, salivas são lançadas, obrigando os alunos da frente a utilizar um equipamento extra: o óculos, para se protegerem......., fértil a minha imaginação!

Também excluo a turma do fundão, que sempre é considerado os piores das salas, pois falam muitos durante a aula e geralmente tiram notas baixas.

Decidi ficar no meio pois são sempre considerados como os “normais” da sala,e só me restava escolher em que lado sentar , não me cairia bem sentar em um lugar vago onde ao redor só tem pessoas do sexo oposto, e muito menos próximo a aquele rapaz de regata mostrando os dotes adquirido em muitos anos de malhação, (possivelmente deveria ter músculos até na unha).

Deveria ser um local misto, sem que deixa a minha imaginária reputação abalada...

Até que uma pessoa com um grande sorriso acena na minha direção, indicando um lugar vago ao seu lado.

Sem perder mais tempo fui sentar junto com essa pessoa.

Continuava entrando novos alunos e todos procuravam se identificar primeiro a sua tribo para poder escolher o melhor lugar para se sentar

Tinha aqueles que se identificavam pelas vestimentas, outros pela localidade, outros por meros interesses e outros como eu, por um simples sorriso.

Uma lei pode ser interpretada como uma regra ou mesmo um princípio, existe uma lei que é chamada de lei da atração dos semelhantes.

Em ditados populares, há :

“Diz-me com quem andas e te direi quem és”,

“Onde há risos, vem a felicidade”

Segundo este último ditado, aquele que mantiver sempre o sorriso na mente e na fisionomia, receberá a visita da felicidade e será sempre feliz

Se, ao contrário, mantiver a testa sempre enrugado e a mente sempre triste, virão acontecimentos igualmente triste e sombrios.

Os vapores atraem-se e formam a nuvem.

As águas se juntam às águas e formam um rio, um mar.

Os pássaros com os pássaros, os cães com os cães, os mendigos com os mendigos e os ricos com o ricos.

Que tipo de semelhantes você deseja atrair ao seu redor? Disso dependerá o seu destino.

Até a próxima semana!!!

2 Comments:

Anonymous cris. ki. inoue said...

Tico, eu tinha a mania dos "precavidos", mas te confesso uma coisa... a sensação é a mesma e chega a ser engraçado, pq enquanto estava esperando, começava a reparar nos outros, nas reações, e via que eram as mesmas (ou parecidas) com as minhas !! E de uma certa forma isso foi bom, pq percebia que era "normal" ! Com o tempo, fui deixando as coisas rolarem, e procuro não esquentar mais com isso... claro que tem casos e casos, mas isso tb não é nenhum bicho de 7 cabeças né !! rs
Como eu sou meio "descarada", eu era da turma do meio, só q falava demais e tb dormia demais... mas foi numa dessas de "falar demais", que conquistei uma amizade tão legal, sincera, cheia de brigas, mas que graças à essa transparência e troca de confiança, me trouxe o atual emprego, meu crescimento pessoal e profissional !! Realmente, onde há risos, vem a felicidade...
beijo !!

PS. saibam que é mto "gostoso" ler algo assim no final do dia... ;)

27/06/06 00:35  
Anonymous KAZU said...

kkkkkk...sabe que na turma do fundão sempre existem as excessões...sempre fui da turma do fundão e como vocês sabem, sempre fui o primeiro lugar da sala...bagunçava muito, falava muito, não prestava atenção na aula e no dia da prova...10...alguns professores achavam que eu colava, então, me deixavam na mesa deles para fazer a prova...e resultado...10...BATIAN sabe muito bem disso e até hoje comenta com todos sobre o meu grande desempenho nos estudos...Bom, sorte nos estudos e ainda batalhando pela vitória profissional...estudando nihongo, inglês e trabalhando igual a um camelo aqui no Nihon...por isso que sempre digo para pessoas iguais à vocês...aproveitem a chance que a vida deu para vocês e lutem para o sucesso profissional...pessoal e não na cola dos pais...Abraços à todos...

28/07/06 08:00  

Postar um comentário

Obrigada por sua visita ! Deixe aqui sua opiniao !

Links to this post:

Criar um link

<< Home