quinta-feira, julho 13, 2006

MUNDO ESPIRITUAL - MORTE

“A época da morte está previamente determinada”

Assim começa o capítulo 17 do livro A VERDADE DA VIDA vol. 9 do Mestre Masaharu Taniguchi., que estou tomando como referencia para o post de hoje.

No ocidente, por conta das religiões cristãs, as pessoas aprenderam a encaram a morte como o ponto final de suas vidas, sem a perspectiva de uma continuação após a morte.

Já no Oriente, por muitos séculos, se ensinou que a morte não é o fim de tudo. A morte, nestes países , é encarada apenas como uma passagem desta vida para a vida espiritual. Os orientais acreditam que vivemos e morremos inumeras vezes, para assim podermos aperfeiçoar e evoluir nosso Espírito

Compreendendo isso, fica fácil entender que o período de permanência aqui na Terra já está preestabelecido. Uma vez cumprida a missão para a qual viemos , passamos para o mundo espiritual atraves da morte

Existem varias formas de se fazer essa passagem. Segundo o livro supra citado, “no caso de morte natural, o espirito se desprende gradualmente, como um nevoeiro que sobe vagarosamente soltando-se de toda a superficie do corpo carnal – e se realiza a separaçao completa do fluido espiritual” .

Já no caso de “morte súbita, o espírito escapa repentinamente pela boca.Neste momento , “é abandonada a parte mais turva do fluido espiritual (...) , composto das amarraçoes terrenas(as inclinações, gostos e costumes malévolos de até então) e somente a parte do fluidol constituida de ondas mentais refinadas se transfere para o mundo espiritual.

E no caso de morte violenta, que acontece repentinamente?

Diz o livro “não há nenhuma morte por acaso”.Esse tipo de morte “significa impor evolução nos espíritos que, apegados á vida terrena, não seguem o caminho correto da evolução. (Esta explicação é extensiva aos casos de morte trágica, coletiva motivada por terremoto, inundação, guerra, etc)”

Um aspecto que o Mestre Masaharu Taniguchi ressalta é que este tempo não é absoluto: 50% de nosso destino é determinado pela força do carma, 25% pela interferência de espiritos elevados, e os 25% restantes dependerão de nossa força de vontade e dos atos atuais.

Na página 105 do livro, ainda, diz: “a considerar pelo resultado, o suicídio é uma determinação colocada diante da pessoa pelo destino .Mas ela pode recusar essa determinação, valendo-se da livre vontade que corresponde à quarta parte do destino. Ela pode se opor à tendência hereditaria. E dependendo do caso e do mérito dela própria, os espiritos protetores ora auxiliam , ora deixam de auxiliar”

Concluimos que a hora e a forma da morte podem ainda ser alteradas pela força de nossos bons atos e da ajuda dos espiritos elevados, e dentre eles estão nossos antepassados.


Na próxima quinta feira , vou discorrer um pouco sobre a influencia dos antepassados em nossas vidas e a forma como o Mestre Masaharu Taniguchi nos ensina COMO MELHORAR NOSSO DESTINO ORANDO PELOS NOSSOS ANTEPASSADOS.

Tenham uma otima semana e ate a próxima !

0 Comments:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita ! Deixe aqui sua opiniao !

Links to this post:

Criar um link

<< Home